top of page

Arquétipo Hécate

Atualizado: 13 de mai.


Em estudos sobre o Sagrado Feminino, você encontra as Mandalas como ferramenta de autoconhecimento para analisar o ciclo criativo feminino. Onde é direcionado aos arquétipos femininos e entre eles você acessa o arquétipo da deusa tríplice Hécate na mitologia grega como a donzela, mãe e anciã.


Saiba mais, ficando comigo até o final desse artigo completo sobre Deusa Hécate Arquétipo Poderoso.










Na mitologia romana conhecida como Trivia.



A Deusa é amplamente adorada por wiccanos, estes que a adoram em sua forma tríplice, a Donzela, a Mãe e a Anciã. Hécate (vontade) sendo representante das forças do Sagrado Feminino, juntamente com o Deus Cornífero wiccano, representante das forças do Sagrado Masculino.



Conhecida como a deusa das terras selvagens e dos partos, era geralmente representada segurando duas tochas ou chaves, no formato de uma deusa tríplice.



Estava associada a encruzilhadas, entradas, fogo, luz, a lua, magia, bruxaria, o conhecimento de ervas e plantas venenosas, fantasmas, necromancia e feitiçaria.



Conceito do Arquétipo da Deusa Hécate


O conceito de vida, morte e renascimento vem do ciclo criativo que toda mulher passa em suas lunações.



Versões mais conhecidas na leitura do ciclo criativo feminino vem com Hécate, Perséfone e Deméter; entretanto em outras versões você encontra Hécate, Ártemis e Selene.



O interessante nesse momento de análise profunda do que é a mulher no meio de todo um ecossistema é compreender que somos várias e somos uma.



Essa compreensão facilita entender que é natural as oscilações de humor e não é doença, não há problemas nisso e você mulher não precisa deixar de sentir as oscilações de humor, entretanto saber lidar com essas emoções é fator chave na ativação desse arquétipo.



Para facilitar eu separei em colunas e assim você pode estudar cada uma delas e buscar encontrar qual delas você vivencia durante o seu ciclo criativo.



Apesar de nos mitos e direcionamentos pontuar algumas em específico lembre-se que toda a mulher passa pela fase de donzela, mãe e anciã e eu não quero que você limite-se ao padrão de algumas e sim busque encontrar o seu padrão.





Arquétipos Femininos


Mitos da Deusa Hécate como Arquétipo


O arquétipo da deusa Hécate não tem um mito específico e aparece no mito de Medéia que era a sua sacerdotisa, no mito de Enéas quando ele precisa descer ao submundo e no famoso mito do rapto de Perséfone.



O poder do arquétipo da deusa Hécate representa uma visão de passado, presente e futuro. A verdadeira sabedoria da Anciã uma vez que em suas representações mais recentes ela aparece com três faces e uma simplicidade em suas vestes, revelando a sua maturidade e conhecimento de causa.



No mito do rapto da deusa Perséfone, a deusa Hécate que providencia as tochas para a deusa Deméter iluminar os caminhos e encontrar a filha. Uma vez que a deusa Deméter estava desolada e em uma encruzilhada, precisando tomar decisões. Lembre-se que afinal de contas Hades era o deus do submundo e irmão de Zeus o todo poderoso do Olimpo.



Qual a frequência do Arquétipo da Deusa Hécate


O poder (a frequência) do arquétipo da deusa Hécate é a intuição e o poder das escolhas, uma vez que entre os seus símbolos você encontra chaves e tochas.



As chaves como simbologia arquetípica de abrir portas e as tochas em sua simbologia para iluminar os caminhos. Poder e intuição acompanham esses símbolos arquetípicos.



Curtiu?


Comente aqui embaixo as suas experiências com os Arquétipos e Planejamento.

Agende Hoje a sua Sessão.


Forte abraço!

Patricia Lima Coach



P.S. É Proibido o compartilhamento desse material sem os devidos créditos. Pode utilizar para inspirar-se e não para copiar.









Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page